terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Natal Quintanesco.

Ai... ai... Que mania de sofrer por antecipação! Achei meu último post tão dramático! Eu estava desanimada com o Natal, desanimada comigo mesma e desanimada com a minha vida. Mas no final das contas correu tudo bem e eu me diverti e ri muito ( coisa que eu andava me perguntando quando conseguiria fazer de novo ).
Aconteceu tanta coisa comigo em 2008. Muita coisa e ao mesmo tempo. E eu só consegui enxergar minhas perdas. Mas hoje me sinto mais equilibrada e já consigo perceber algumas coisas positivas no meio de tantas mudanças drásticas.
Acho que perder não significa fracassar. Junto com as perdas vem o amadurecimento. São nos momentos difíceis e de sofrimento que avistamos nossos verdadeiros amigos, nossos pais, irmãos, sobrinhos... Pessoas que muitas vezes vemos pouco e damos pouca atenção, mas que na hora do aperto estão lá, para amparar suas quedas e vibrar com suas conquistas.
É, meu Natal foi muito bom. Fazia tempo que eu não conseguia estar de verdade em algum lugar, viver o momento, sabe? Eu sempre estava com o pensamento longe, preocupada com o ontem e com o amanhã. Enquanto isso eu perdia o mais importante: o AGORA.
Estou aprendendo grandes lições nessas últimas semanas do ano. A mais importante delas é que não importa o que você faça ou aonde você vá, sua família será sempre seu porto seguro. E os Quintans sempre tem uma caminha confortável, um bom filme, cuzcuz com leite e um café fresquinho esperando. Sem falar de todas as nossas manias quintanescas.
Que 2009 chegue cheio de graça e que ele me reserve boas surpresas. E pra vocês também, claro.
Enfim...

2 comentários:

Sandy disse...

Bom vê-la de novo por aqui...
Tava com saudade

Samuel Quintans disse...

E a vida é desse jeitinho mesmo.
Tudo acontece na hora certa.
Do jeito certo!

E o bom é que depois da tempestade vem um lindo arco-iris pra alegrar o dia e como sabemos, sempre no fim do arco-iris tem um lindo tesouro nos esperando!

Isso é bom demais, né?

Seja bem-vinda a 2009, irmã quintanesca!