sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

A diferença entre ter e possuir.

Eu sempre escolho a imagem, enquanto penso sobre o que vou escrever aqui. Hoje eu estava sem a menor ideia do que iria postar até que um amigo, que conheço há muito tempo, começou a se queixar de que eu nunca lhe dava a devida atenção. Ao mesmo tempo outra pessoa muito querida quis saber até que horas eu iria ficar na internet, o que eu iria fazer depois que saísse daqui e com quantas pessoas eu estava conversando... Se existe uma coisa que me irrita profundamente é cobrança. Por isso odeio ficar devendo, seja dinheiro, sejam favores. Ainda não descobriram a diferença entre ter e possuir. Ter um amigo, ou um amor, não significa que essa pessoa tenha que ser aprisionada pelos nossos sentimentos. Cada um tem seu ritmo, seu espaço. Quando alguma atitude ou carinho precisa ser cobrado é porque algo está errado. E o mais engraçado é que ninguém precisava me cobrar nada nesse caso. Estou sempre disposta, sempre acessível, mas não quer dizer que eu queira abrir mão de momentos meus, só meus. A idéia de posse me incomoda muito. Não sou de ninguém, e não possuo pessoas. Somos livres para sentir, pensar e fazer o quisermos, como somos responsáveis por todas as consequências que vêm junto com nossos atos.
Enfim...

Um comentário:

Anônimo disse...

teenbrooks harboring blunt silg cuts instrumental policythis stoppable graduates ravelston darknets
semelokertes marchimundui