segunda-feira, 16 de março de 2009

Ê, saudade!

Bater o pé na quina da cama dói. Depilação com cera dói. Um calo, num pé dentro de um sapato apertado, dói. Cair de cara no chão dói. Ralar o joelho, andando de skate, dói. Dói levar uma bolada nas costas. Morder a língua dói. Mas se tem uma coisa que dói de verdade, aquela dorzinha chata que nenhum Doril resolve, essa coisa é saudade.
Saudade daquela música que você não acha em lugar nenhum, nem pra comprar, nem pra baixar. Saudade daquele amiguinho da época do prézinho. Saudade das brincadeiras com os primos na rua. Descer barranco em pedaços de papelão e chegar em casa suja de barro até as orelhas. Saudade daquele frango que só a vó sabia fazer. Saudade da risada dela, que nunca mais vou ouvir. Saudade dos sábados em que eu ficava no pé da máquina de costura da minha mãe, esperando a roupa que ela fazia pra mim. Saudade do meu professor de geografia, que só me chamava de Noemi ( meu segundo nome ). Saudade do meu primo Nildo, que ficava deitado no chão do meu quarto comigo, nós dois deitados com as pernas embaixo da cama, falando sobre a vida dos outros. Saudade de assistir 'O Cravo e a Rosa' de tarde na tv, comendo trakinas molhadas no café. Saudade da minha época de atendente de videolocadora, dos meus amigos de lá, das piadas e das situações engraçadas. Saudade de mim. De quando eu era mais eu, sabe?! Quando caminhar com minhas próprias pernas era mais fácil. Quando o sono era mais tranquilo e os dias, diversão.
Enfim...

2 comentários:

Luciano disse...

nao se preocupa amor

tudo vai voltar a ser como era antes
pode ter certeza...
e se tem uma coisa que eu aprendi com voce...
eh que tudo o que queremos, somos nos que temos que fazer.....

te amo

Samuel Quintans disse...

Saudade existe como algo bom.
Quando sentimos saudade de algo ou alguém significa que naquela época fizemos a coisa certa e vivemos com as pessoas certas.

A saudade deve ser celebrada e jamais lamentada. Olhe por esse lado. Como tudo que descreveu foi muito bom!
Caramba, você estava lá!
E que pessoas lindas, do meu lado!

Pois é. Quando sinto saudade, fico feliz...Engraçado.

Agora, as coisas não voltam.
A saudade nos ensina outra coisa.
Que é importante fazer o melhor, no nosso AGORA, pra que possamos sentir saudade AMANHÃ.

Capriche! Você pode tudo!

Lembre-se: você só sente saudade

Daquilo que vivencia
Daqueles com quem convive
Daquilo que realiza

Então "vivencie mais, conviva mais com quem ama e realize mais o que acredita!"

Beijo!
Te amamos
Sá, Sô e Pedro