quinta-feira, 12 de março de 2009

Eu posso, você pode.

Coisas ruins não são o pior que pode nos acontecer. O pior que pode nos acontecer é não acontecer NADA. O que o caminho fácil nos ensina? No final das contas o que importa mesmo é o que aprendemos e o quanto nos desenvolvemos.
Traçamos nosso destino a partir das escolhas, das NOSSAS escolhas. Quando nossas escolhas são feitas passivamente, quando não somos nós que escolhemos que caminho seguir, nos sentimos frustrados. Uma pequena mudança de atitude hoje pode acarretar um futuro profundamente diferente. Geramos nossos próprios meios e obtemos exatamente aquilo pelo que lutamos. Somos responsáveis pela vida que criamos. A culpa pelos nossos fracassos e a glória pelas nossas vitórias são nossas. Exclusivamente nossas. E quem mais pode mudar nossas vidas, a qualquer momento, senão nós mesmos?
Então, se você perdeu seu emprego, sua namorada, seu marido, se os negócios não estão indo bem, ou se você se sente perdido, saiba que se lamentar, colocar a culpa na crise mundial ou fazer planos que nunca irão sair do papel, não resolve os problemas. Respire fundo, se levante da platéia e venha ser o ator principal da sua peça, da sua vida. Se for preciso mude. Não tenha medo de mudar. Você é o autor dessa peça, escreva pra ela o desfecho que quiser.
Enfim...

Um comentário:

Samuel Quintans disse...

É isso mesmo! Post perfect!

E tenho dito!

Samuka!