terça-feira, 24 de março de 2009

Sobre nossos medos.

O medo é um sentimento que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado fisicamente e psicologicamente. Pode provocar reações físicas como descarga de adrenalina, aceleração cardíaca e tremor. Pode provocar atenção exagerada a tudo que ocorre ao redor, depressão, pânico, etc... Medo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental que gera uma resposta de alerta no organismo. Esta reação inicial dispara uma resposta fisiológica no organismo que libera hormônios do estresse (adrenalina, cortisol) preparando o indivíduo para lutar ou fugir. A resposta anterior ao medo é conhecida por ansiedade. Na ansiedade o indivíduo teme antecipadamente o encontro com a situação ou objeto que lhe causa medo. Sendo assim, é possível se traçar uma escala de graus de medo, no qual, o máximo seria o pavor e, o mínimo, uma leve ansiedade.
Todo mundo tem medo. Eu mesma tenho medo de muitas coisas. Tenho medo de atravessar a rua ( dromofobia ), de viajar de trem ( siderodromofobia ), medo de escuro ( escotofobia ), entre outras coisas...
Na medida certa, o medo é bom, exagerado é mau e destrutivo. Permitir constantemente os pensamentos de medo acarreta o medo anormal, obsessões e complexos. Temer alguma coisa persistentemente provoca um sentimento de pânico e terror. Você pode superar quando sabe que o poder do seu subconsciente pode mudar os condicionamentos e realizar os desejos acalentados por seu coração. Dedique sua atenção e se devote ao seu desejo, que é o oposto do seu medo. Este é o amor que expulsa o medo. Enfrente seus temores, traga-os à luz da razão. Aprenda a sorrir dos seus temores. Esse é o melhor remédio.
Enfim...

Um comentário:

Freak! disse...

voce nao precisa ter medo de nada ...

voce sabe que pode supera-los
como esta fazendo com todos...

um beijo minha menina Forte...


te amo...