sábado, 16 de maio de 2009

1+1

Dividir a vida com alguém é muito mais que juntar as escovas de dentes ou repartir o armário. É compartilhar os mesmos sonhos e conquistas. É preciso entendimento e paciência para entender o momento do outro. Dividir o mesmo espaço pode ser complicado, mas não existe nada melhor do que acordar todo dia do lado daquele que você ama.
Tá, tudo bem, nem tudo são flores. Durante o namoro muitas de nossas manias estranhas e nossos maus-hábitos são disfarçados, enrustidos. Quando se passa a dividir o mesmo teto, muita coisa que desconhecemos vem à tona. Dá medo só de pensar, ?! Por isso juntar os trapinhos é uma decisão muito séria.
Eu moro sozinha já há um bom tempo. Pra ser bem sincera, sou uma pessoa bem individualista, pode-se dizer até egoísta em muitos aspectos. Gosto de ter meu espaço, um tempo meu e meus segredos. A ideia de ter alguém envolvido até a garganta na minha vida costumava me dar arrepios. Mas, como todo mundo, me apaixonei, e a vida foi me levando por um caminho onde não fazia mais sentido caminhar sozinha. Certas oportunidades surgiram e eu me rendi à uma vida a dois ( que está prestes a começar ). Não sei como vai ser daqui pra frente. Será que vou me adaptar a dizer 'nosso' ao invés de 'meu'? Vou saber compreender? Serei compreendida também? Sei lá. E quem pode prever o futuro? O que eu posso ter é esperança e fé no que eu sinto.
Enfim...

2 comentários:

Eu em Construção disse...

bem, nessa matemática, 1+1=1..espero que você tenha sucesso na nova empreitada...

Bjundass

Anônimo disse...

Querida Helen,
Tudo vai dar certo!
Afinal é muito bom ter com quem dividir as nossas alegrias e as nossas tristezas...os bons e os não tão bons momentos...e por aí vai.....
E se precisar de algo...sempre estarei por perto!
Beijocas e boa sorte nesta nova conquista!