quinta-feira, 23 de abril de 2009

O copo está meio cheio!

Otimismo é um sentimento! Sim, um sentimento, que corre por dentro das pessoas, resultanto em comportamentos, que desenvolvem hábitos de positivismo e esperança que transforma, interiormente, adversidades em possibilidades e em uma visão de que tudo pode ficar melhor.
Otimismo é um ponto de partida para realizações: necessita ser exteriorizado e complementado para chegar ao nível de transformar esse esforço em resultados positivos. Ele tem o poder de acender uma chama potente dentro das pessoas, porém, para manter esta combustão é necessário muita lenha ou gás. Nesse caso, a lenha e o gás são as ações planejadas e o desenvolvimento de competências para realizar os objetivos que tocam os sentimentos otimistas.
Todas as pessoas têm de começar por algum ponto, e o melhor para realizar algo é ter uma visão otimista daquilo que se quer: eis aí a importância do otimismo. Ele é o ponto de partida para atingir determinados objetivos. Após a partida, as pessoas são movidas por resultados. O sentimento de otimismo deve ser implementado na direção correta e transformar-se em resultado positivo. Até mesmo os mais otimistas, quando não obtêm os resultados esperados, vão sepultando o sentimento que inundava seus corações e cedem espaço para a frustração. E, raramente, um otimista frustrado retoma sua condição de esperança: fica realista e pragmático. Por isso, o maior inimigo de qualquer otimista é a falta de resultados, pois faz com que ele perca a crença de que só o otimismo basta e, finalmente, descobre a dura realidade de que apenas o otimismo não bastava...
Nunca perca o seu sentimento de otimismo, mas também nunca deixe de desenvolver e aperfeiçoar competências que possam conduzir essa energia até onde seu coração possa alcançar. Projetos de vidas otimistas necessitam de práticas e ações planejadas e constantes, além de ajustes que temos de fazer em nossa maneira de ser ao longo da busca pelo que julgamos ser nossa real razão de vida.
Enfim...

5 comentários:

luciano disse...

já sei pra quem eh esse post amor
ahoahohoaoha

nao se preocupa...vou melhorar meu ponto de ivsta....
te amo

Beatriz disse...

Muito bom, ser otimista mas ser realista, adorei.

Beatriz disse...

Muito bom, ser otimista mas ser realista, adorei.

Beatriz disse...

Muito bom, ser otimista mas ser realista, adorei.

Senna disse...

Otimismo e realismo são encarados como antônimos pela maioria das pessoas. Pena não notarem que na verdade eles se completam.

O problema é que hoje todos tem foco por resultado, sem se importar com o processo em si. E o processo inicia-se com o otimismo, com o ponto de partida para o planejamento e a ação.

Ótimo post!

abs