terça-feira, 24 de agosto de 2010

Essa tal felicidade.

 Felicidade plena e absoluta não existe. Infelizmente, também não existe uma receita ou um manual que nos garanta uma vida cem por cento feliz. A conquista da felicidade vem do aprendizado, de cada volta por cima. 
Ser feliz é muito mais que ter todo o dinheiro do mundo, ou ser bem sucedido na carreira. Pra mim,   felicidade é saber apreciar cada momento, vibrar com cada vitória, é construir os próprios projetos de vida e se empenhar para realizá-los. É traçar metas possíveis, é não exigir demais de si mesmo. É se aceitar e aceitar os outros. 
Algumas pessoas não tem vontade própria, só sabem fazer as vontades dos outros,  não tem suas próprias respostas. São inseguras e carentes. Tem medo do fracasso e por isso só agem quando tem garantia e segurança do resultado.  Os acomodados, conformam-se com o porto seguro, na falsa certeza de não arriscar, porque a busca do desconhecido, é sempre arriscada e assim, vivem uma felicidade aparente, deixando de buscar e conhecer a sensação da felicidade pela vitória. São derrotados por si mesmo, deixando de assumir novos papeis, conformam-se com a monotonia. Por não suportar a frustração pela derrota, por um objetivo não alcançado, por um sonho não realizado, não compete, não tem objetivos, não sonha.
Tem também os invejosos, que destroem e menosprezam a vitória alheia, porque assim, deixam de olhar para si, e ver que para eles faltou a coragem e a força do outro. 
É importante se conhecer de verdade, reconhecer sua vocação, sua capacidade e não usar uma máscara, quando na verdade,  a vontade é de jogar tudo pro alto e tentar viver de outra forma. Conhecendo suas necessidades, descobrindo suas metas e como alcançá-las, saber reconhecer seus limites, respeitando e se fazendo respeitar, sabendo diferenciar você dos outros, é um grande começo. E é aí, nessa busca que cabe a VOCÊ escrever o SEU manual, do que é a SUA felicidade.
Enfim...

... Viva à sua maneira, não perca a estribeira... Saiba do seu valor! 


2 comentários:

Turnover BRASIL disse...

parabéns pelo blog (bem legal o texto) ^^

Dila disse...

A vida é muito curta para perdermos uma parte dela fingindo.