terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Mais que palavras.

Dezembro não me ama. Não mais. Houve uma época em que éramos amigos. Hoje, Dezembro vem pra me castigar. Todo ano ele chega e traz junto os mesmos problemas e as mesmas decepções. Talvez Dezembro queira esfregar na minha cara algo que eu insistia em não ver. Vai saber...
Ontem eu chorei e hoje, quando me olhei no espelho, a cara da tristeza ainda estava lá. Fiquei me olhando e pensando no quanto aqueles olhos inchados já não eram os mesmos.
Tem gente que acha que palavras são só palavras. Que pode dizer o que quiser, do jeito que quiser e que basta um 'você entendeu errado' pra tudo voltar a ser como antes. Não, não é assim. Palavras mudam tudo. Até sentimentos. 
Sinto pena de quem não se importa. Pena de quem tem a língua maior que a boca. Essas pessoas só dão valor quando é tarde demais pra perdoar. 
Enfim...

Nenhum comentário: